10 de set de 2010

Por que os idosos implicam com tudo?

     Oi, galera.
     Bom, hoje meu post é dedicado às pessoas que gostam de irritar as outras.
     Eu moro em um prédio e moro no apartamento do térreo. Minha vizinha do lado está grávida e hoje eu a encontrei enquanto entrávamos no bloco. Ela estava acompanhada de duas senhoras amigas dela e um menininho, filho de uma das duas senhoras. Eu a cumprimentei e voltei segui para meu apartamento, foi então que a dona Ivete (quase como uma bruxa do 71) apareceu. 
     Só para vocês entenderem, a dona Ivete implica com tudo o que acontece no prédio quando o assunto são as crianças. É que bem na frente do apartamento dela, mora uma moça com três filhos, uma moça que já está na faculdade e dois meninos. Um de 15 anos e outro de 9. O de 8 deixa a bicicleta e os outros brinquedos na frente do apartamento dele, o que não atrapalha a dona Ivete, já que os brinquedos ficam no corredor e o apartamento dela não fica no corredor. Mas ela gosta de implicar com ele. E hoje, quando eu, a minha vizinha grávida e as outras duas senhoras estávamos entrando no bloco, ela saiu e começou a reclamar dos brinquedos do menino.
     A grávida, que não suporta mais a dona Ivete assim como eu e minha mãe, ficou ouvindo-a pacientemente.
     A dona Ivete até olhou para mim e gritou: "Eu estou errada?!!". Eu não sabia o que fazer e respondi: "Não, é claro que não, dona Ivete." A grávida e as outras perceberam o jeito como eu respondi e uma delas deu risada.
      Mas o que a dona Ivete não percebe, é que nem todo mundo vê problemas onde ela vê. Pessoas idosas que não fazem nada o dia inteiro gostam de reclamar de tudo ao redor delas, e é isso que ela faz. A dona Ivete reclama que os meninos gritam quando brincam lá fora. Bom, vejamos.. Temos um pátio enorme, com uma garagem também enorme, um quiosque bem de frente para a piscina e aqui no prédio são em torno de 9 crianças. Ela ainda quer que todos eles fiquem quietos? Acho que ela deveria é arranjar alguma coisa para fazer, como um tricô ou alguma aula de yoga. Chega de ficar reclamando dona Ivete, não é problema ter brinquedos na frente de um apartamento onde tem crianças. É a senhora que fica implicando a toa!

Nenhum comentário:

Postar um comentário