30 de ago de 2010

Professor Eddie e gravidez, rs.

Hoje foi bem legal.
A minha professora de inglês está grávida e por algum motivo (talvez porque há uma pessoa crescendo dentro dela), ela não foi dar aula hoje. Para o primeiro colegial é ela quem dá aula, mas para o segundo e terceiros anos é o professor Eddie. Ele é muito engraçado e adora falar palavrões. Adora mesmo, porque de 10 palavras que ele fala, 5 são em inglês, 4 palavrões e uma só é um palavrão em inglês, o famoso FUCK.
Eu e meus amigos quase morremos de tanto rir na aula dele. Porém, mesmo sendo muito divertido e tal, a aula dele é bem produtiva, pelo menos eu achei. Ele ensina bem e como se não bastasse saber falar português e inglês, o cara fala francês, italiano e espanhol. Não dá vontade de matar uma pessoa assim?
É, eu sei que sim. Mas sabem de uma coisa? Gostei da filosofia de vida dele: "Se um plano seu dá errado, não lamente-se. Faça outro plano".
Bom, mas voltando ao assunto de gravidez... É tão estranho isso, não acham? Eu pelo menos acho. 
Você vê todos os dias pessoas andando, conversando, comendo... E de repente você olha para si mesma, olha para sua barriga e tem uma pessoa crescendo lá dentro. É como o filme "Alien vs Predador". 
Acho que é por esse motivo que eu nunca quero ter filhos, eu acho estranho demais ter uma criança dentro de você. É uma pessoa dentro de outra pessoa, é meio complicado. 
Bom, mas se não concordarem com meu ponto de vista, comentem... O próximo post será uma exibição dos comentários mais interessantes sobre gravidez. Ou não, rs.

29 de ago de 2010

Simuladão ENEM, calor da porra e festa da Stéfani.

Esse fim de semana foi sim muito incrível, e muito cansativo também, tenho que admitir.
Acordei sábado de manhã, fui para a escola. Fiz prova de matemática. Fui para feira, (como eu disse em meu ultimo post) comi pastel com meus amigos, voltei para a escola, morta de cansaço, fiz a primeira parte do simuladão do ENEM, vi o G, babei completamente por ele, voltei para casa e me arrumei para o aniversário da Stéfani. Fui para a festa, foi incrível... Acho que foi o aniversário de 15 anos mais lindo que eu já vi. Em um lugar bonito, com a decoração simples mas maravilhosa, e tudo com a cara da Stéfani!
Dancei com a Lara, a Gabi, a Marcela, a Vanessa e o Fernando. Dancei com todo mundo, mas uma coisa me surpreendeu. As pessoas donas de áreas de lazer são burras. O homem que alugou o salão para a festa da Stéfani, mandou desligar o som às 24:00. Como assim? É, também estou me perguntando isso até agora. Ele quer que a festa termine meia noite? Hello!!!! É uma festa de quinze anos! E eu estou com pena da minha amiga, porque normalmente quando nós meninas planejamos um aniversário de 15 anos, é assim.. A FESTA DOS NOSSOS SONHOS! Mas um imbecil qualquer estragou o sonho da Stéfani. Eu faria outra festa para ela, se eu tivesse dinheiro, afinal... Ela merece, e muito.


Hoje está um calor insuportável, eu particularmente estou usando short e camiseta, porque está impossível ficar de calça. Hoje enquanto eu fazia o simulado, estava morrendo de dor de cabeça por conta do calor, e olha que o ar-condicionado estava ligado, heim. Foi realmente difícil fazer o simulado. Principalmente a parte de matemática, que é a que eu mais tenho dificuldade (MUITA dificuldade). Mas eu nem fiz essa parte do simulado. Baixou o "Chico Xavier" em mim e fui assinalando qualquer uma, de olhos fechados, rs.
Preciso muito de uma chuva! Esse tempo seco não só está acabando com o meu nariz e a minha cabeça, como também com a minha vontade de fazer qualquer coisa. Chuva, por favor, Senhor!

28 de ago de 2010

Praça da Igreja/ Praça de Esportes.

Hoje foi um dia legal e cansativo.
Acordei cedo para ir fazer prova de matemática na escola. Bom, eu tentei fazer, mas a segunda página, para vocês terem uma idéia... Ficou toda EM BRANCO! Eu não sou do tipo que gosta de exatas.
Mas depois que eu fiz a prova, eu e uns amigos fomos comer pastel, mas antes a Paola, uma amiga minha, quase me bateu por ter demorado para pegar o dinheiro.
Foi muito divertido ir comer pastel hoje.. fomos em um grupo grande de pessoas e ficamos na praça da Igreja. Bom, era para ser da Igreja, mas transformamos-a em um centro de esportes. Alguns meninos estavam jogando bola, outros de bicicleta e um outro menino andando de skate. Eu e minhas amigas tiramos várias fotos, e em algumas eu e elas saímos com cara de drogadas.

                              

Depois que nós saímos da praça, voltamos para a escola. Eu fui fazer o simuladão do ENEM, e fiquei com dores nas pernas, nas costas e com dor de cabeça. Sem contar na fome e no sono. Mas acho que valeu a pena, pois fui em nas questões de geografia, química e história. 

26 de ago de 2010

Mudança de nome.

Calma, calma, eu não vou mudar o meu nome, só o sobrenome. Aliás, só irei anexar mais um nome ao meu sobrenome. 
Mas isso está demorando um pouco, já que não mandam para Araçatuba os documentos para isso poder acontecer. E eu nem me importava com isso até alguns dias quando descobri que para prestar o PAS (vestibular seriado) eu preciso ter meu RG. Bom, eu ainda não tenho RG por conta disso, vou mudar meu sobrenome. 
Só que parece que a minha família não se importa muito com isso, porque minha mãe ligou para minha tia em Londrina e ela nem procurou os documentos ainda. Bom, tudo bem que ela trabalha muito e está estudando também, mas tirar meia hora para procurar o documento não mataria ninguém. Parece também que ela não quer que eu faça o PAS, pois quando contei para ela que o faria, ela disse: "aff".
Ok, não me importo, é o MEU futuro, mas ela poderia ajudar também!

25 de ago de 2010

Barbies, outras bonecas e infância perdida.







Barbie. É óbvio que todos sabem o que é isso. É uma boneca, uma boneca que milhares de meninas no mundo todo compravam. E quando eu era criança, brincava o dia inteiro. Sério, eu brincava o dia TODO mesmo... E só parei de brincar de Barbie aos 12 anos. Mas hoje em dia, quando eu falo com uma menina de 12 anos sobre bonecas, parece que elas me olham assim: "Garota, de que planeta você caiu?"

Sabem, eu fico me perguntando onde está a infância! Não vou comentar sobre meninos porque eu nunca fui um menino, então só sei como foi a infância de garotas.
Quando eu era criança eu brincava de boneca, andava de bicicleta, jogava bola, brincava de pega-pega, brincava de casinha, andava de patins, skate (ainda ando) e depois de um dia todo de brincadeiras, eu sentava na calçada e me lambuzava de sorvete de uva e de gelinho. 
Mas quando falo sobre isso para outras meninas que deveriam estar aproveitando a infância delas, elas me olham como se eu fosse um alienígena. 
Eu sinto saudade desses tempos, mas está tudo tão longe... tudo tão distante. Era tudo tão mais simples quando eu era pequena. 
Eu tenho uma amiga, que foi batizada no mesmo dia que eu, e ela mora em Guararapes... Crescemos juntas, e sempre brincávamos juntas. Nós duas sempre fomos como irmãs, e eu passava os dias na casa da minha avó e ficava lá com a Amanda. Ela é como uma irmãzinha pra mim.
E quando eu era criança, eu fiz amizades que perduram até hoje, como a Amanda, a Raphaela, a Marcela... Essas são três amigas de infância, que nunca me deixaram, e sei que não me deixaram nunca. Mas hoje em dia, as meninas não tem mais amigas de verdade. Elas usam as amigas, são interesseiras. Percebi isso em duas meninas hoje na escola. Me assustei um pouco.
Eu queria saber onde é que foi parar a brincadeira de boneca... Quando eu era menor, eu vivia com uma boneca para cima e para baixo, mas hoje em dia meninas da 4ª série estão interessadas em TV, internet, bandas emos e meninos. Eu NUNCA pensei em meninos quando tinha 10 anos! Onde essa juventude vai parar? 

Na biblioteca novamente....

Amanhã eu terei prova de física e de geografia.
Geografia é tranquilo, é uma das matérias que me dou bem sempre, adoro geografia. mas física... como eu disse em um dos posts anteriores: EU NÃO ME ENTENDO COM A FÍSICA!!!
Hoje eu passei a tarde na biblioteca da escola tentando estudar. Quando eu cheguei, só havia um menino no 3º colegial lá estudando numa boa, mas conforme o tempo foi passando, mais pessoas começaram e chegar. A biblioteca ficou abarrotada de meninas que foram lá "estudar". Essas garotas mais ficaram olhando para o garoto T que estava lá. Ele é bonito, sim, mas não precisavam ocupar espaço na biblioteca para vê-lo. Fiquei com dó do garoto, pois ele queria mesmo estudar, e essas gurias não deixavam. Ficavam olhando e dando risadinhas. Pareciam meninas de 5ª série, nem parecia que estavam no 3º colegial. Pessoas assim me assustam.
Ah, feliz dia do salgado de escola para você! Sim, estou dizendo isso porque hoje minha alimentação foi basicamente isso. Eu só comi salgado na escola. Mas também... Eu passei o dia INTEIRO na escola! Saí de lá era 12:30 e voltei 14:00. É óbvio que eu não teria muitas opções de alimentação lá no colégio.
Bom, amanhã tenho uma das provas mais difíceis para mim, me desejem boa sorte. 

24 de ago de 2010

UHUUUUL!

O cara que eu mais admiro na TV brasileira me respondeu no twitter hoje!
Para você que não sabe o que é twitter, bom... é um site de é uma rede social e servidor para microblogging que permite aos usuários enviar e receber atualizações pessoais de outros contatos (fonte: wikipédia).
E hoje eu mandei um tweet dizendo que ele é a única pessoa que me prende naquele canal, que já não fala mais de música a muito tempo. Hoje em dia é só Restart e JB.
Pessoal, se querem ver clipes de bandas de verdade, assistam LAB CLÁSSICOS!


Eu fiquei tão feliz quando vi isso!
clique na foto para vê-la melhor.





Descobri que nem tudo é tão inútil.

Logo depois de fazer meu post sobre semanas de prova, um amigo meu veio falar comigo no msn. E ele disse o seguinte:
Athus: Bom post, mas tem coisas que as pessoas precisam sim. Meu irmão por incrível que pareça, usa gof (x)...
Sidy: Sério? Ele trabalha com o que?
Athus: Ele faz engenharia na faculdade.


Ok, eu fiquei abismada, mas parece que para alguma coisa esse tal de gof (x) serve (:
Parabéns irmão do Athus, você fez eu descobrir a importância do gof (x)!
Mas, vamos concordar que... O irmão do Athus deve ter inteligência e muita facilidade com essas coisas, porque elas são bem difíceis! 
            

Semana de provas.

Essa semana é semana de provas. Eu estou em um desespero sem fim... Sempre que chega esses dias eu sempre fico pensando em como será a prova de física. E claro, a péssima e velha matemática.
As vezes eu me pergunto o por que de certas coisas na matemática. Claro, é importante saber somar, subtrair, dividir e multiplicar, até dou certa importância à regra de três... Mas por que cargas d'água eu tenho que aprender função gof (x)? Ou então f(x) = x² + 2x - 5,3?
Não vejo sentido em aprender essas coisas. Meus pais são muito bem sucedidos e nunca precisaram dessas coisas tenebrosas.
Existe mais uma coisa que eu também não entendo... Física. Qual o sentido de calcular a velocidade e a aceleração de alguma coisa no vácuo? NINGUÉM MORA NO VÁCUO!
E força? Por que eu quero saber a força de um soco que eu vou dar em alguém? Eu vou bater e pronto! Não vou ficar calculando a força e a velocidade disso... Essas coisas realmente não existem. 
Por exemplo, esses dias em um exercício na apostila de física... "Em um elevador, há um livro aberto no chão, e blá blá blá..." e era para calcular a aceleração do elevador e a tração. Ok, é mesmo super normal você entrar em um elevador e dar de cara com um livro aberto no chão! Que coisa mais sem sentido!
Essas coisas são incrivelmente malucas!

21 de ago de 2010

Vlog.

Hoje eu e minha amiga Lara (Caneta Estourada, link lá embaixo) resolvemos começar as gravações para o nosso vlog. Foi bem interessante e nos divertimos muito fazendo isso. Não vamos falar muito mal das coisas, tentaremos guardar um pouco de nossas opiniões para nós mesmas e para as pessoas que concordem com a gente. 
Nosso vlog chamará Problemáticas de Plantão. Nós gravamos vídeos por diversão, e contamos um pouco sobre a nossa semana. Vamos contar coisas que não serão tão engraçadas, e tentaremos falar coisas divertidas também.
Em breve no YouTube e aqui, no Então né? É óbvio! (:

Amigos são como sutiãs: perto de seu coração e estão lá para apoiar!

20 de ago de 2010

FELIZ DIA DO XEROX E DO REPOLHO ROXO!

Hoje minha amiga Lara (Caneta Estourada, link lá embaixo), foi tirar um xerox de uns exercícios de química na papelaria na frente da casa dela. Mas assim... É na frente mesmo, é só atravessar a rua, e a papelaria é na esquina. Bom, essa papelaria sempre está vazia, mas hoje quando ela chegou haviam mais três pessoas na frente dela. Parecia que todos tinham combinado de ir juntos tirar xerox na papelaria. Então denominamos o dia 20 de agosto como dia do xerox! (:
Hoje também é o dia do repolho roxo. Durante a aula de química, o professor pediu para que diluíssemos uma folha de repolho roxo para depois misturarmos com ácidos e bases para ver que cores formariam. A aula foi legal, mas isso depois do meu amigo Gabriel começar a realmente espancar o repolho e jogar água em todo mundo, e derrubar amoníaco na sala de aula.
Ah, sim, claro... Não posso me esquecer que quebraram a mesa do professor hoje na escola, e o menino do 3º colegial arrebentou a minha caneta azul. A única que eu tinha. Hoje foi um dia bem interessante na escola. :P

Para as pessoas que lêem o meu blog:

Leiam o Blog da Jéssica. Super fofo e romântico. http://thisismeandyoubaby.blogspot.com/

Maldição de Eva, banhos quentes e frio da porra.

Maldição de Eva, visita indesejada... Recebe vários nomes, mas TODAS as mulheres sabem do que se trata.
É a pior coisa que nos acontece durante os meses, e surte efeitos diferentes em cada mulher. Eu particularmente, fico nervosa, chorosa e com vontade de matar meu melhor amigo Gabriel. Mas ele já está acostumado com isso.
E o pior de tudo, é que a gente sempre quer tomar banho quente para ver se a dor passa, mas quando saímos do banho quente, está tudo frio, e a dor piora! Isso me deixa um tanto quanto muito puta da vida!
Por falar em frio, por que está frio em pleno agosto?
Não deveria estar calor, mas também não deveria estar esse frio de congelar as bochechas!
Frio da porra! xxx

"Amores" precoces.

Esse tema foi sugerido pela @jeeeholiveeira, uma leitora (e uma das únicas, eu acho) do meu blog.
Ela sugeriu esse assunto porque ela se sente assim, ela está apaixonada por um garoto da sala dela, o garoto L.
Ela se sente muito bem perto dele, mas eles nem se conhecem direito, e quase nunca se falam. 
É aquele típico amor de filme adolescente, que a garota se apaixona pelo menino popular (que nos filmes são lindos, mas esse na vida real, é horrível!) e ele nunca está nem ai para ela.
Eu acho interessante esse lance de amor precoce e de você se sentir bem perto da pessoa que você mal conhece, porque sempre acontece a mesma coisa com TODAS as meninas. 
Ficam vermelhas, a mão parece que está fria, mas na verdade está suando. Seu corpo pega fogo e você tem a maior vontade de ir lá conversar com ele sobre as coisas que você mais gosta, só para saber se ele gosta também. Acho que toda menina adolescente já teve isso, e mesmo que nos apaixonemos agora e namoremos, vamos continuar nos apaixonando, muito. Por pessoas diferentes, afinal... Estamos ainda no primeiro colegial.
                                              

19 de ago de 2010

Pessoas com o intelecto de uma uva.

Toda sala de aula de qualquer lugar do mundo, tem as pessoas que vão mal em tudo.
Mas sabe qual é o problema disso tudo? Não é elas estarem irritando os outros. É que elas estão gastando o dinheiro dos pais sem necessidade alguma. 
Sabem, eu não pago escola. Estudo em uma escola particular mas não pago. Meu pai é professor e eu tenho bolsa lá. Posso não ser a melhor aluna da sala, pelo contrário, eu sou bem ruim... Mas eu tento. Eu me esforço e eu estudo.
Eu poderia muito bem estar sendo uma aluna vagal, sem estudar, sem fazer tarefas... Mas eu dou valor às coisas que meus pais me proporcionam. 
O que mais me irrita, é que as pessoas cujos pais gastam dinheiro com material, mensalidade, lanche... Não estão nem ai com tudo isso. Elas conversam a aula toda, não estudam e não fazem absolutamente nada! E quando recebem uma nota 3,5 ou 4,0 dão risada. 
Acho que falta um pouco de consideração e amor aos pais da parte dessas pessoas.

O grilo falante da biblioteca da escola.

Hoje eu e meus amigos fomos estudar Química na biblioteca da escola. 
A bibliotecária é muito engraçada, e é boazinha também. Ela não fica nos mandando calar a boca sempre que aumentamos muito o volume. 
Mas hoje, não havíamos só nós lá. Tinha um grupo de três alunos do terceiro colegial também, e estavam estudando física.
Bom, até ai tudo bem... Mas depois que tocou o sinal, subiram milhares de crianças e entraram na aula de informática, a sala fica do lado da biblioteca. E uma das meninas da turma ficou para fora da sala, a bibliotecária iria ajudá-la em uma tarefa. A menina era muito engraçada, toda hora ela levantava e começava a falar... Andava por todos os cantos da biblioteca, o que fez com que nós perdêssemos a atenção no que estávamos fazendo. Essa garota falava alto e ela tinha uma voz igualzinha a do grilo falante do Pinóquio. Os meninos do terceiro colegial começaram a dar risada, e um deles fez um barulho de porco enquanto ria, então a minha amiga Giovanna começou a rir sem parar. A menina "grilo" começou a rir também, sem nem ao menos saber o que estava acontecendo. A risada do garoto do terceiro colegial, contagio a biblioteca, e começamos a rir todos igual uns doidos. Aquela era a biblioteca mais barulhenta do mundo! 
                        

Eita semana maluca, sô!

Minha semana nunca tem nada de muito interessante, mas eu até que gosto.
Eu basicamente estudo, durmo e passo o dias com as minhas amigas e o Gabriel, que é o único menino do grupo. Mas não, ele não é gay. 
Essa semana foi legal, eu não me senti presa a ninguém, livre para falar, olhar e comentar sobre tudo e todos, me senti livre para ir a onde quisesse, sem que ninguém achasse ruim e coisas e tal. Eu passei a semana grudada na Giovanna e na Lara, minhas amigas. Conversei com a minha mãe sobre meu castigo por ter gasto 400 reais de telefone, parece que ela vai me liberar para assistir Harry Potter e as Relíquias da Morte, parte 1. Estou torcendo para ela também me deixar ir no Anime Fever, quero muito ir de cosplay da Nana Komatsu, no anime Nana. 
Sabem, uma coisa que eu percebi essa semana, é que eu sinto muito, mas muito frio mesmo. Eu saí do banho ontem e quase congelei, e eu nem sentia meus dedos direito. 
Ontem também aconteceu uma coisa bem engraçada. Eu fui no apartamento da minha amiga Julia, e eu já namorei o irmão dela, o Gabriel (não o meu amigo, é outro menino). E eu perguntei se ela podia ir no mercado comigo, mas era de noite e ela não podia ir. Então eu perguntei se o Gabriel podia ir comigo, já que ele é menino e se alguém tentasse me assaltar ele daria um jeito. E eu, sairia correndo.
Enfim, ele disse que sim, e nós fomos ao mercado comprar papel higiênico para a minha mãe. Acabei comprando papel toalha. 
Mas não podem me culpar. Qual a diferença no pacote? E quem é que fica lendo pacote de papel higiênico?
Eu vi um com um elefante desenhado e levei para casa, ué.
Quando eu cheguei no prédio, descobri que a Julia e a mãe dela, a Carmem, estavam se perguntando se eu não voltaria com o Gabriel. Não!!!!! Eu acabei de terminar um namoro!!!! E outra coisa, ele é mais novo, mais imaturo e mais esquisito do que eu! 
Tudo essa loucura começou só porque o menino foi no mercado comprar papel higiênico comigo... ¬¬'

15 de ago de 2010

Meu fim de semana.

Saí com a minha amiga Gi para procurar posters e vender uns livros no sebo. Ganhei 34 reais com os livros, cheguei em casa e liguei para o meu namorado. Ele disse que estava confuso sobre gostar de mim, desliguei o telefone e chorei. Chorei muito a noite toda até a Gi for embora. Liguei para a Lara. Terminei com o meu namorado. Esperei a Lara ir dormir em casa, chorei até pegar no sono, acordei sábado de manhã e chorei, fui para a escola e chorei lá também. Almoçei na casa da Lara. Chorei demais lá também. Fomos tomar sorvete, perdi vinte reais, encontrei uma menina que achou o dinheiro. Peguei o dinheiro de novo, gritei na rua e vi o garoto bonito do cursinho olhar pra mim, fiquei sem graça. Voltei pra casa e chorei querendo meu namorado de volta. Fui para a casa do meu pai, comemorei o aniversário da minha madrasta, fiquei com os meus primos e a Lara no meu quarto e depois na varanda. Voltamos para o quarto, chorei mais um pouco. Chorei e reclamei até dormir. Acordei no dia seguinte (hoje) e assisti um programa sobre reconstrução de casas, chorei enquanto assistia TV. Almoçei e vi filme com a Lara e o meu pai. Chorei antes do filme, chorei depois do filme. Estou cansada de chorar, mas estou triste demais para não chorar.

11 de ago de 2010

Gente que não sabe ser gente.

Todos os dias eu me deparo com pessoas assim:

Ou com pessoas que idolatram gente assim:

Mas eu não sabia que essas mesmas pessoas seriam capazes de se auto-insultarem. Bom, elas já fazem isso de um certo modo, por gostarem dos colírios e o Justin Bieber, mas discutirem e ficarem nervosas só porque uma acha um colírio bonito e a outra não acha, particularmente eu acho isso uma besteira.
Hoje, eu conheci duas meninas enquanto estava na fila do supermercado, esperando uma senhora passar os pães dela, então eis que me aparecem duas meninas com uma revista da Capricho e ficam na fila atrás de mim. O diálogo entre elas era basicamente este: "Não, o Dudu é o mais lindo! Olha só esses olhos, ai meu Deus, que menino perfeito!" e a outra respondeu: "Claro que não sua idiota, ele é o mais feio de todos!"
Pior do que esse diálogo era saber que essas duas meninas eram do segundo colegial da escola onde estudo. E sou obrigada a ver essas gurias todos os dias nos intervalos. 
Eu me pergunto o que leva duas meninas de 16 anos a gastarem dinheiro com colírios? Ou com o Justin Bieber? Com o Replace? Com o Cine? Poxa! Essas coisas são passageiras, são inúteis! 
Bandas coloridas = Garotinhos super bem pagos, mimados e teimosos que pouco contribuem para a sociedade.
Eu não sabia onde enfiar a cara, eu precisava muito rir naquela hora, mas por sorte a vovozinha saiu logo e me deixou passar as compras.
Mas é óbvio que elas não percebem o papel ridículo que estão fazendo.





Dores no dente e LP's.

Existem milhares de coisas que nos fazem sentir dor nos dentes. 
A cárie... Quando o siso está crescendo... Quando quebramos um dente sem perceber bebemos água gelada por cima, ou talvez quando temos os dentes muito sensíveis e somos obrigados a comer aquele doce gelado que a nossa tia fez para o almoço de domingo.
Mas a minha dor no dente não é nenhuma dessas possibilidades. A minha dor de dente vem do meu 3º molar que está crescendo e rompeu a minha gengiva. 
É obvio que eu estou sentindo muita dor, mas parece que o dentista que eu consultei quer me fazer sentir mais dor ainda. Eu gosto muito do Dr. M, ele é pai de uma das minhas melhores amigas, a Lara (http://caneta-estourada.blogspot.com/), mas ele me mandou levantar a minha gengiva (sim, ela está aberta e eu tenho que ergue-la), e limpar lá dentro com um palitinho de dente, algodão na ponta e anticéptico bucal. Dói demaaaaaaaais! E toda vez minha mãe vai ver o que está acontecendo. Acho que ela pensa: "Que menina mole...". 
Mas, whataever, eu fui para a escola hoje fazer recuperação de física, como eu havia dito no último post, e passei frio e dor durante todo o tempo em que fiz a bendita prova. 
Depois que eu e minha amiga Giovanna fizemos a prova de recuperação, fomos a um sebo e ficamos conversando com o dono. Ele é parecido com o Sr. dos Magos. Ele sabe tanto sobre música e tudo, ele é incrível. Chegamos a comentar que ele parece aqueles 'vôs' que aparecem em sonhos, que conversam, falam com a gente sobre tudo, e quando voltamos lá para falarmos com ele novamente, descobrimos que ele morreu a cinquenta anos, e que conversamos com alguém que já fora dono do estabelecimento. Sim, eu ando assistindo muitos filmes. 
Mas enfim, comprei um LP do Bon Jovi e da Madonna por dez reais, e minha amiga levou um do John Lennon, também por dez.
Voltamos para casa super felizes com nosso dia, e redecoramos meu quarto. (:

Escola e meninas que não estudam.

A escola é vista como um lugar muito importante... OK, ela é importante, mas o incrível é que quando se é adolescente tudo na sua vida gira em torno da escola. Para as pessoas dentro da escola é como se você não tivesse amigos, família, vida própria... Ou seja, mais coisas para fazer além das coisas que se referem à escola.
Hoje eu vou fazer prova de recuperação de física (matéria que eu não sei nada), e depois vou atrás de posters.
Eu gostaria muito de entender o porque de eu ter que praticamente viver na escola, e fazer coisas da escola, e acordar às 6 horas da manhã todos os dias para ir a escola.
Isso depois de quase 10 anos de escola, começa a irritar muito a gente.
E o engraçado é que na escola, sempre tem aquelas pessoas irritantes que nunca te deixam prestar atenção nas aulas, e quando você pede para aquela pessoa ficar quieta, ela te olha com um olhar "vou matar você!"
Caramba, a pessoa está errada e não enxerga isso? Que saco!
Tem uma menina na minha sala, a garota M. Ela é um porre, é simplesmente a menina mais tosca que eu já conheci, e a que mais fala também. Parece que a língua dela atiça só de ver um professor. E hoje ela fará prova de física comigo, e ela não sabe p*rra nenhuma igual eu. Mas eu tento aprender, mas ela se orgulha de tirar 3,0 nas provas.
Isso realmente é de deixar qualquer um irado!

10 de ago de 2010

Pessoas que se intrometem na vida dos outros. Por que?

As vezes eu me pergunto o que a Britney Spears fez de tão errado para a perseguirem assim?
Não é da conta de ninguém o que ela faz ou deixa de fazer. Se ela usa sutiã ou não, acho que o problema é dela, não é? 
Quantas e quantas mulheres no mundo usam blusa sem sutiã e ninguém fala nada? Só porque um dia a Britney foi santinha? Esperavam o que? Que ela fosse santinha até os 28 anos de idade? Tenham dó!
Ela é incrível, dane-se se ela não canta. Ela é uma mulher incrível, que dança maravilhosa-mente bem, fez turnês incríveis, músicas que venderam muito, dois filhos lindos, e agora irá se casar novamente. 
Ninguém no mundo tem que dar palpite na vida dela. Se ela se veste daquele jeito, deixem-na em paz! Todo mundo odeia ser criticado por aquilo que está usando, e só porque ela é a princesinha do pop, não quer dizer que ela não seja humana o suficiente para se sentir incomodada também. 
É incrível como a mídia transforma a vida das outras pessoas em um inferno colossal. 
"Britney Spears está muito gorda!" ; "Britney Spears emagreceu muito, onde está a princesa agora?"
Só vemos notícias assim. Caramba! Decidam o que querem, um dia ela está muito gorda, no outro magra demais?
Eu sou fã da Britney, vejo TODOS os erros dela, mas se ela quer sair sem calcinha na rua, ninguém tem que se intrometer. É mais normal uma mulher não usar uma calcinha para não marcar um vestido ou uma saia do que as pessoas ficarem olhando para os "lugares" das outras. Ela não cometeu delito algum, crime algum. Crime deveria chamar o que os paparazzi e as revistas de fofoca falam dela. 
Muitas dessas jornalistas gostariam de estar no lugar da Britney, com a fama que ela tem.
Se ela bebe e sai dirigindo bêbada, O.K, levem-na presa, mas não precisam fazer escândalo. Milhares de pessoas por ai bebem e dirigem depois, e quase nunca se preocupam em colocar isso nos jornais, mas quando se trata de uma celebridade, tratam logo de colocar na primeira página para estragarem com a imagem da pessoa. 
O que vocês tem na cabeça? Só porque ela é rica e famosa, não quer dizer que não deva ser respeitada!

Garotas da Rua Beacon.

Garotas da Rua Beacon é uma série de livros infanto-juvenis que ainda não fazem muito sucesso no Brasil, estou esperando que essa história não vire febre como Crepúsculo, já que eu fico horrorizada quando coisas que eu realmente gosto viram moda.
Essa história se baseia em Charlotte Ramsey (a "nerd" que ama livros e estrelas), Maeve Kaplan-Taylor (a maluca por Hollywood, garotos e música, que sonha em ser atriz), Avery Madden (a esportista da turma, só liga para as amigas, esportes e o cachorrinho, Marty) e Katani Summers (neta da diretora da Escola de Ensino Fundamental Abigail Adams, ama moda e o mundo dos negócios).
Como podem ver, as quatro garotas são muito diferentes, mas eu, lendo essa série, percebi que sou muito parecida com cada uma delas.
A história se passa na cidade de Brookline, em Massachusetts, nos Estados Unidos. Elas estão prestes a começar a sétima série em uma escola nova, mas Charlotte é a aluna nova na cidade, já que ela morava na França com o pai. Logo no primeiro dia ela é obrigada a almoçar com as outras três meninas, como "iniciação" da sétima série. A srta. Rodriguez é quem determina os lugares, e elas acabam ficando juntas. 
Mais tarde, depois de virarem amigas, elas conhecem Isabel Martinez, uma mexicana que veio para os Estados Unidos por conta de uma grave doença da mãe. Ela, a mãe e as irmãs estão morando com a tia Lourdes, em Brookline. A presença de Isabel não deixa Avery e Katani muito contentes, e então se desenrola o segundo livro.
Ao todo, a saga tem 16 livros, escritos por Annie Bryant.
1º Piores Inimigas/ Melhores Amigas.
2º Más Notícias/ Boas Notícias.
3º Cartas da Alma.
4º Ultrapassando Limites
5º Promessas, Promessas.
6º O Lago Rescue.
7º Em pânico.
Comos os livros até o 7º não lançaram no Brasil, irei postar os nomes dos livros em inglês.
8º Lucky Charm.
9º Fashion Frenzy.
10º Just Kidding.
11º Ghost Town.
12º Time's Up.
13º Green Algae & Bubble Gum Wars.
14º Crush Alert.
15º The Great Scavenger Hunt.
16º Sweet Thirteen.
E há os livros que não são da história da GRB. São livros com histórias fora do foco central, que é a vida e os problemas das meninas na escola, e em casa. Com amigos, os pais, os meninos e etc.

Felipe Neto.

Claro que todos conhecem o Felipe Neto, até a minha mãe já o viu na internet. 
Eu e meus amigos achamos que esse garoto é muito inteligente, não só por falar coisas que fazem sentido, mas porque ele teve a iniciativa de dizer coisas que muitos que tinha vontade, não diziam. 
Tenho que admitir, já fui uma admiradora de Crepúsculo, mas foi antes de virar moda. Fui ver o filme com umas amigas, e logo depois nem lembrava uma cena sequer do filme, mas com o tempo fui procurando a história na internet, e acabei gostando. Claro que, isso foi a dois anos. E dois anos na contagem adolescente é um tempo em que se amadurece muito. Meus livros estão guardados, mas faço coleção de livros, já que quero ser escritora. Então guardo TODOS os livros que eu compro. 
Mas sabem de uma coisa? Também tenho que admitir que a análise de Felipe Neto para com a saga Crepúsculo é muito boa. Ele realmente fala a verdade, tanto sobre a Isabella Swan, quanto sobre seu "Príncipe Encantado" Edward Cullen. 
De início, eu achei que a história seria interessante, mas depois, quando lançou o segundo filme foi quando vi que era um desperdício de dinheiro ir assistir esses filmes no cinema. a história fica clichê. Mas é claro: Um vampiro velho, que ama uma garotinha humana tem medo de machucá-la por ser louco pelo seu sangue. E ele é incrívelmente dramático por ser de um século passado, e muito, mas muito apaixonado pela Bella".
Espero que vendo os vídeos do Felipe Neto, você, garoto ou garota que ainda gosta de Crepúsculo, tenha o mínimo de decência para deixar de apreciar uma história tão boba.