23 de dez de 2010

Massa bestial e pessoas sem educação 2.

Oi, pessoal, estou em Londrina/ PR na casa da minha avó. Vim passar o Natal aqui e eu vim de ônibus com a minha mãe.
Nós acordamos às quatro da manhã porque o ônibus saía às cinco. Quando chegamos na rodoviária, esperamos que o ônibus chegasse, pois ele atrasou um pouco. Quando fomos embarcar, depois do motorista ter colocado nossas malas no compartimento de bagagens a moça que olha as passagens disse que eu não poderia embarcar sem um documento de identificação. Eu estava com a cópia de minha certidão de nascimento e mostrei pra ela. Mas eis que a mulher me sai com essa: "Ai, moça, me desculpe. Mas não é mais permitido cópias". Eu viajo para Londrina de ônibus desde que eu me entendo por gente e sempre mostrei a cópia da minha certidão e de repente resolvem não me deixar embarcar. 
Acho que o pessoal do ônibus já estava perdendo a paciência com a gente, mas no final das contas a mulher deixou eu e minha mãe embarcarmos, com uma condição: O namorado da minha mãe tinha que ir em casa pegar a minha certidão e mandar pelo próprio ônibus da Garcia. Para minha mãe pegar na rodoviária e eu poder ir embora depois, caso contrário eu vou ficar aqui em Londrina. 
Bem, depois de tudo isso e depois de embarcarmos, uma mulher entrou no ônibus em Biriguí, a cidade vizinha, e deu o maior escândalo: "Mas a minha poltrona é a 15!!!". Tive muita vontade de levantar e dizer: "Minha senhora, a poltrona 15 está bem na sua frente e está vazia, por favor pare de gritar a essa hora da manhã porque muita gente aqui está tentando dormir". É claro que não fiz isso, mas tive muita vontade.
Durante a viagem toda essa mesma mulher encheu o saco de todo mundo. Falava alto, falava palavrões e falava outras coisas idiotas que eu prefiro nem comentar. Dizia cada coisa absurda... Ela era a rainha da Massa bestial. Massa bestial, para quem não sabe, e provavelmente não sabem mesmo, é um termo que surgiu na minha família que significa: Pessoas sem conteúdo, idiotas e com pouco cérebro que pouco contribuem para a sociedade. Agora... Imaginem a rainha desse grupo de pessoas. É, era realmente incrível a falta de conteúdo da mulher.
Quando eu desci em Presidente Prudente para ir ao banheiro, em seguida ela desceu também e ficou na fila para poder entrar no banheiro. Tinha que pagar 50 centavos e quando ela viu simplesmente deu um grito que todo mundo que estava perto olhou: "ARREE! Bando de merda, tem que pagar! Ish, vâmo embora!!!".
Não importa se ela tinha dinheiro ou não para pagar para entrar no banheiro, mas nada justifica o escândalo que ela fez. Isso é coisa de gente sem educação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário