2 de nov de 2010

Essas coisas me deprimem.

Por que alguns adolescentes tentam sempre parecer o que não é?
Sabem, acho que é natural do adolescente sempre querer mostrar ser alguma coisa. Ser de uma tribo, ouvir determinada banda... E normalmente para conseguir isso ele faz, veste, ouve e assisti tudo sobre aquilo que ele gostaria de ser, mas realmente não é.
Então eu me pergunto: Por que fazer tudo isso? Estilo? Qual é o sentido do estilo que não é seu? Você quer seguir um estilo? Mas não precisa copiar um ídolo, e muito menos copiar o ídolo de um determinado amigo seu.
Conheci várias meninas esse ano que fazer isso, e estou falando não somente de garotas da minha idade, mas de meninas menores. Quando eu era menor, nem sabia o que era "ter um determinado estilo". 
Hoje em dia eu me visto de um jeito, gosto de ouvir algumas determinadas músicas, assisto os filmes que assisto e sou fã de séries que sou, porque eu sou assim. Mas não porque um determinado grupo é assim e nem porque um determinado ídolo é assim. Claro, que, nossos ídolos nos inspiram, mas não precisamos ser eles. E ultimamente eu tenho visto que as garotas, muito mais que os garotos, querem ser coisas que elas não são. Querem se vestir como os garotos da banda Restart. E acham que eles são OS caras. Ok, não tiro o direito delas acharem que eles são perfeitos, embora não sejam. Mas não precisam perder todo o "estilo próprio" e ouvir só um tipo de música, ou se vestir somente de um jeito. 
Eu andei percebendo que as coisas andam meio separadas demais. Ou se gosta de uma coisa, ou gosta de outra. E acho que não é bem assim, acho que se você gosta de uma coisa mas também gosta de outra totalmente diferente, exponha-se. Não tenha medo de mostrar como você é. E não precisa se sentir preso a uma só coisa, porque ninguém no mundo faz uma coisa só. Ou ouve só um tipo de música. Você não precisa ser igual seu amigo, e muito menos igual ao seu ídolo.
Ok, acho que até ja saí um pouco do foco, rs. 
Mas o que eu quero dizer é que Estilo não é ruim, é só saber usá-lo e fazer parte dele. Não precisa mostrar para os outros que você pertence àquele estilo. Mostre para você e para o seu ego. Não para os outros, afinal ninguém tem nada a ver com a sua vida. E se você não sabe a qual estilo quer seguir, melhor ainda, siga o seu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário