5 de dez de 2010

Noite da pizza - Parte 2 e conceito de diversão comum.

E ai, pessoal? Eu fiz o post ontem sobre a noite da pizza que eu e meus amigos iríamos fazer, né? É.. mas sinto muito em informar que eu não tirei fotos... eu levei a câmera mas nem tiramos foto alguma, uma pena. 
Bom, para começar... vou dizer: É um saco escolher pizza!
Sim, nós ficamos discutindo qual pizza nós pediríamos. Escolhemos dois sabores, a paulista (frango desfiado, catupiry e bacon) e a italiana, que eu não sei do que é porque eu não comi. Quando tem pizza com frango e bacon, nem preciso comer pizza de outro sabor. 
Bom, então... foi uma discussão tremenda para escolher o outro sabor sem ser a paulista. E sempre que eu perguntava qual tal pessoa queria, a criatura dizia: Tanto faz. Desculpa, mas tanto faz não tem!!!
Bom, quando conseguimos chegar num acordo, a Giovanna perdeu o dinheiro dela. Sim, é a lei de Murphy. Tudo o que pode dar errado com a gente, vai dar errado! Reviramos a casa da Giovanna do avesso, até que o gênio encontra o dinheiro na própria bermuda. Eu quase voei nela, rs.
Quando as pizzas chegaram, eu, Giovanna, Gabi, Gabriel, Lucas e Camila fomos comer. Foi uma pena a Lara, o Sylvio e a Andresa não puderem ter ido, uma pena mesmo. Só ficou faltando eles...
Bom, depois de comermos, ficamos lá conversando e decidindo qual filme assistiríamos.
Ah, mudando de assunto rapidinho, galera... QUEM FOI O IDIOTA MENTAL QUE INVENTOU O FILME JOGOS MORTAIS? Poque... esse cara não tinha nada na cabeça,desculpa.
Bom, então... é. Depois que comemos, tirando eu e a Gabi,  todos queriam assistir essa porcaria de filme. Poxa, eu tinha acabado de comer, eu ia devolver toda a pizza. Bom, no final resolvemos que iríamos para o parquinho. 
Calma, não temos 10 anos, esse blog não é escrito por uma menininha que assiste Xuxa.
Bem, fomos ao parquinho porque onde a Gi mora, é um condomínio fechado com uma mini "floresta" e bem nessa floresta tem um parquinho de areia. E lá estava fresco, e precisávamos de um lugar fresco... O dia estava mais quente que o inferno. As vezes penso que existem dois buracos na camada de ozônio. Um que prejudica o mundo e outro que prejudica só a cidade que eu moro. Porque NINGUÉM no mundo merece passar esse calor. Nem o maníaco do parque.
Bom... ficamos no parquinho até a uma da manhã, conversando, rindo, bebendo sprite e nos divertindo. Sim, porque.. na minha opinião fazer algo desse tipo com os amigos é bem mais legal do que ir em festas, ou ir para o posto ou para a avenida beber e ficar fazendo idiotices para chamar atenção. O conceito de diversão hoje em dia é esse, e eu e meus amigos nos divertimos muito mais em um parquinho, bebendo sprite do que se estivéssemos em uma boate, com gente bêbada e unica e exclusivamente tentando ficar com várias pessoas numa mesma noite. Acho que o conceito de diversão hoje em dia não é mais se divertir, é somente parecer "cool" aos olhos das outras pessoas. Por exemplo... eu fui em uma festa de uma menina da minha sala, e um garoto que também é da minha sala bebeu até vomitar, e quando eu estava indo embora ele estava sentado no chão pra fora do salão quase morrendo. Se não sabe beber, não beba. E se ele acha que estava arrasando estando daquele jeito... Sinto muito informar... Mas não passou nada mais nada menos que a imagem de alguém digno de pena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário